Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Red Tales

(...) cá estou eu, por aqui, a fingir que sou eu que por aqui estou (...)

Red Tales

>> Cuidemos de Todos Cuidando de Nós <<

 

Alguns dos textos aqui contidos são de cariz sexual e só devem ser lidos por maiores de 18 anos e por quem tiver uma mente aberta. Se sentir algum tipo de desconforto com isso ou se não tiver os 18 anos ou mais, por favor SAIA agora.

D.

Março 07, 2015

A D. é médica, trabalha em apoio domiciliário e vem quase todos os dias ao meu prédio. Há uns dias, ao descer as escadas, fiquei quase paralisado com a maravilhosa visão que tive. No fim das escadas, de costas, a chamar o elevador a D. – a iluminar as escadas e o caminho que tinha que fazer até ela.

Como já tínhamos trocado olhares, sorrisos e algumas palavras enchi-me de coragem e aproximei-me dela. Lentamente. Silenciosamente. Secretamente.

Abracei-a e ela, depois de alguma luta e de ver que era eu, fechou os olhos, relaxou o corpo e entregou-se aos meus braços. Os seus gestos iam-me dizendo o que fazer e disseram-me que queriam que a apertasse mais. Os meus braços acederam de imediato e apertaram ligeiramente mais.

Ao sentir que o meu corpo tremeu quando a apertei mais, gemeu baixinho. Agarrou as minhas mãos. Guiou-as. Pressionou-as contra ela. Colocou-as dentro da blusa. Agitação. Calor. Pele. As minhas mãos pareciam ter vida própria. Ofegantes, extasiadas, loucas de desejo percorriam e exploravam cada recanto que alcançavam.

Num movimento único, gesto contínuo, saí de dentro da blusa dela, segurei-lhe nas mãos e elevei-lhas até ela, com a ligeira inclinação do corpo, alcançar o topo da porta do elevador. Beijei-lhe o pescoço e sussurrei-lhe:

- Quero fazer amor contigo. Posso entrar em ti?

- Aqui? És doido?

- Sou. É o que me fazes. É como me deixas.

Fechou os olhos, fez um momento de silêncio e, com um lento aceno da cabeça, disse que sim e disse-me:

- No elevador. É mais discreto. Estamos mais à vontade.

- Sim, querida. Eu, por mim, estou contigo em qualquer lado. Se preferes: entramos.

Uma vez lá dentro, a D. carregou para o sétimo, mas, enquanto me beijava, enquanto me agarrava a cabeça, enquanto me afogava os lábios com os dela, parou o elevador entre o segundo e o terceiro andar.

Com as mãos nos meus ombros conduziu-me até ao chão, até me ajoelhar diante dela. Segurei-lhe nos tornozelos e subi as mãos pela parte de trás das pernas. Li, nos olhos dela, que desejava a minha boca. Com as mãos empurrei-a até mim e, depois de me esconder dentro da saia dela, lancei-me ao mar com a mesma ânsia que um bando de leões na hora de comer.

O pouco espaço, o risco, os gemidos da D. e a força que fazia na minha cabeça elevavam o desejo e rapidamente a fizeram levantar-me e dizer-me:

- Quero-te agora! Faz amor comigo!

Mensagens

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2006
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2005
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2004
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2003
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2002
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D

Autores