Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Red Tales

(...) cá estou eu, por aqui, a fingir que sou eu que por aqui estou (...)

Red Tales

>> Cuidemos de Todos Cuidando de Nós <<

 

Alguns dos textos aqui contidos são de cariz sexual e só devem ser lidos por maiores de 18 anos e por quem tiver uma mente aberta. Se sentir algum tipo de desconforto com isso ou se não tiver os 18 anos ou mais, por favor SAIA agora.

internamento - a relva na boca

Fevereiro 24, 2023

(continuação daqui)

uma das coisas que quero contar, para ser honesto, não recordo muito bem. no entanto, não posso, mesmo que com imprecisões, deixar de contar isto.

como talvez imaginem, nos primeiros tempos de internamento, com o coma e tal, não ingeria nada pela boca. quando acordei do coma, durante algum tempo, continuei a não ser alimentado nem medicado pela boca, mas ao fim de algum tempo a medicação já me era administrada pela boca, depois faço uma publicação a explicar porque é que não me davam medicação pela boca. 

a falta de conveniente atividade da minha boca, os efeitos que alguma medicação tinham nela, os efeitos das secreções e, digo eu, alguma negligência do corpo clínico - as pessoas que me eram próximas e me acompanhavam, nunca imaginaram que isto fosse possível -, permitiram a criação de uma camada fúngica sobre a minha língua, verde e muito semelhante a relva. eu ter tendência a cerrar os dentes também não ajudou a que essa situação fosse detetada antes de chegar àquele ponto. no entanto, insisto, o corpo clínico tinha obrigação de saber que isto podia acontecer e tomar todas as medidas preventivas que fossem necessárias. ou terei sido o primeiro a montar uma estufa na própria boca? se calhar inventei a solução para a futura falta de alimentos.

(continua, eventualmente)

internamento - aspiração

Fevereiro 23, 2023

 

(continuação daqui)

ATENÇÃO: esta publicação pode conter alguma imprecisão, mas tentei aproximar-me o mais que consegui.

 

 

com o uso da traqueostomia o paciente deixa de respirar pelo nariz e boca e passa a respirar pelo orifício da TQT. no entanto, com a pneumonia e consequente oceano de secreções que se formava, não só o orifício da TQT ficava obstruído, como os brônquios ficavam muito congestionados. a conjunção dessas duas coisas dificultava muito a minha respiração, o que fazia disparar os alarmes de falta de oxigénio. quando as máquinas tinham leituras de oxigénio abaixo de um determinado valor eu era aspirado.

a aspiração consistia em enfiarem-me um tubo pelo orifício da TQT e fazerem com ele o percurso da traqueia até aos brônquios. ligavam a extremidade do tubo fora do corpo a uma maquineta e, literalmente, aspiravam-me os brônquios do excesso de secreções. o procedimento era tão doloroso que, apesar de estar tetraplégico, o meu corpo esticava-se e saltava na cama.

tinha pensado em descrever o procedimento completo e o seu resultado, mas estou agora a pensar melhor e acho que vos vou poupar à nojeira.

(continua, eventualmente)

internamento - traqueostomia

Fevereiro 22, 2023

traqueostomia2.jpg

325478168_722968179551198_8408309272176779586_n.jp

 

 

(continuação daqui)

não sei se repararam, mas mudei o título destas publicações, apesar de não me lembrar de muita coisa do internamento, do coma recordo ainda menos. do internamento acho que consigo contar mais umas coisas. até porque baralho no tempo algumas delas e não sei ao certo se aconteceram durante ou depois do coma. antes não podem ter sido que já fui internado em coma. em uma escala de zero a cinco, sendo o zero morto e o cinco perfeitamente consciente, fui avaliado como estando no um.

porque foi marcante, quero voltar atrás e tentar descrever um procedimento pelo qual passei várias vezes: a maldita aspiração. quando dei entrada no hospital, uma das coisas que me fizeram foi uma traqueostomia para me ajudar a respirar. esse procedimento salvou-me a vida e quase que me matou.

a traqueostomia, por muito que o ambiente em que é feita seja controlado, não deixa de ser uma porta para o interior do corpo. pensa-se que, através dela, duas bactérias diferentes tenham entrado e provocado uma pneumonia. graças a essa infeção tive febres altíssimas e muitas secreções, que me impediam de respirar normalmente e as quais não conseguia expelir. resultado: aspiração.

 

ps e errata: não estive quatro meses em coma. estive quatro meses internado e sensivelmente dois em coma.

 

(continua, eventualmente)

Mensagens

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2006
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2005
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2004
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2003
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2002
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D

Autores